Últimas
Publicidade
01 de Junho de 2020

VENDA INFORMAL EM MAPUTO


Vendedores informais que foram evacuados da baixa da cidade de Maputo receberam guias para ocupação de bancas em vários mercados. Depois desta acção do município estes recusaram-se a ocupá-las.

Dos vendedores informais que foram evacuados da baixa da cidade de Maputo, 2068 receberam guias para se apresentarem em vários mercados com bancas disponíveis. Destes, 1647 vendedores não se apresentaram, mais que a metade. Entre os que se apresentaram, muitos abandonaram as bancas. O mercado do Povo recebeu perto de 40 e só 2 ficaram.

Não faltaram alegações. Acostumados a exercer a actividade nas ruas e avenidas da cidade, não se adaptaram a lugares fechados como este mercado vedado e com controlo nos portões.

O município dá um prazo de 15 dias para os vendedores informais que receberam guias se apresentarem nos mercados indicados e lá ocuparem bancas. Os que preferem o interior dos mercados conhecem os perigos das ruas.

São vendedores que terão recebido bom acolhimento por parte dos que vinham exercendo venda no interior dos mercados.

A acção das autoridades autárquicas de Maputo enquadra-se no Plano do Desenvolvimento Municipal, que inclui a organização do sector informal.

 

https://youtu.be/WBepkcB9yf8