Últimas
Publicidade
29 de Maio de 2020

SEQUESTROS NO PAÍS


O Serviço Nacional de Investigação Criminal apresentou, esta quinta-feira, um dos supostos raptores de Shelton Lalgy. E o empresário RizwanAdatia relatou os dias de cativeiro e o drama que viveu.

Foi um mês no cativeiro. O empresário Rizwan Adatia, que foi raptado no fim de Abril, volta a ter contacto com o mundo exterior em resultado de uma operação de resgate desencadeada pelo Serviço Nacional de Investigação Criminal. Foram penosos os dias de cativeiro.

Um empresário com uma vasta rede de supermercados há 20 anos em Moçambique. Diz que o rapto não lhe vai travar nos negócios, muito menos nas suas acções humanitárias. Até porque já vai intervir positivamente durante a crise do Coronavírus.

O SERNIC apresenta também um dos supostos implicados no sequestro de Shelton Lalgy. Este rejeita as acusações.

O Porta-voz fala dos escrutínios, tanto dos raptos como das operações de resgate.

O empresário Rizwan Adatia diz que os seus sequestradores não determinaram um valor directo para o seu resgate, mas associaram-no às dívidas de que não tem conhecimento.

O SERNIC diz que o grosso das informações só será dispensado quando forem concluídas operações de captura dos implicados.

 

https://youtu.be/bvNVzmeCGhA