Últimas
Publicidade
10 de Julho de 2020

RETORNO ÀS AULAS


Escolas comunitárias fazem de tudo para respeitarem o retorno das aulas presenciais, porém persistem alguns desafios no que diz respeito ao sistema de abastecimento de água nos estabelecimentos de ensino.

Contagem regressiva para o retorno das aulas. 3.5 Mil milhões de Meticais. Valor que será aplicado para a reabilitação dos sistemas nas escolas.

As escolas privadas com centenas de alunos matriculados a par das escolas públicas estão com graves problemas.

Escola Comunitária Luís Cabral com 503 alunos, dos quais 80 frequentam a 12a classe já garantiu o distanciamento através da ocupação de 4 turmas, 2 de manhã e 2 à tarde, termómetro de medição existem 2, material de higiene também está disponível, o impasse reside na colocação de mais torneiras para a lavagem das mãos para os alunos.

Com 700 alunos dos quais 60 frequentam a 12a classe na Escola Comunitária Polana Caniço A,  a interrupção das aulas encheu a escola de dívidas. Não consegue pagar salários aos professores e os quites de higiene incluindo máscaras são um desafio.

Sob o ponto de vista de apoio para a reabilitação e infra- estruturas escolares, na componente de abastecimento de água e saneamento, as escolas privadas não são abrangidas, a verba é apenas destinada para as escolas públicas segundo fez saber o Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, João Machatine.

A retoma do ano lectivo para a 12a classe está agendado para 27 de Julho.

 

https://youtu.be/D0q2zafPezU