Últimas
Publicidade
10 de Julho de 2020

ESTRADA CIRCULAR


A empresa responsável pela manutenção de estradas está a fazer reposição de postes de iluminação pública destruídos por automobilistas. Enquanto acontece a reposição, a destruição continua.

A Estrada Circular de Maputo já não tem a imagem que oferecia antes. Muitas rotundas invadidas e postes destruídos. Os postes derrubados por automobilistas desatentos levam à opinião de necessidade de intensificação de sensibilização.

A destruição acelerada de postes de iluminação ao longo da rodovia leva cidadãos a imaginarem uma condução feita às escuras.

Fernando Matola é director da área de manutenções da REVIMO, empresa que responde por esta e outras estradas. Fala da irresponsabilidade de alguns automobilistas e diz que a reposição destes postes, que está em curso, é dispendiosa, pois um poste destes não custa abaixo de 300 mil Meticais.

E documentos legais estão a ser lavrados para responsabilização dos automobilistas que derrubam postes.

Automobilistas apoiam a responsabilização.

Enquanto decorre a reposição de postes ora derrubados, outros vão sendo destruídos. Exemplo disso é o facto de 3 postes terem sido derrubados em uma semana no troço da Praia de Marítimo à Rotunda de Chihango.