Últimas
Publicidade
03 de Agosto de 2020

CRIMINALIDADE EM QUELIMANE


Cidadã de 59 anos de idade foi baleada mortalmente no quintal da sua casa por desconhecidos que, depois do acto, puseram-se em fuga. Na altura do baleamento a mesma encontrava-se na companhia da sua filha e de vizinhos.

Um crime bárbaro cometido de forma ágil. O criminoso disparou contra a cidadã que veio a perder a vida momentos depois, uma vez que a bala atravessou o peito da vítima. A filha que não encontra motivações para a morte da mãe diz que o disparo foi feito por meio de pistola.

O irmão da malograda, colhido de surpresa com a informação sobre a morte da sua irmã, diz ser muito preocupante uma vez que esta nunca antes teria partilhado algo sobre conflitos que supostamente dariam pista para que fosse neutralizado o suposto criminoso ou então o mandante.

O Chefe do Posto Administrativo número 2 de Sangaliveira afirma que a situação de criminalidade tende a recrudescer no bairro.

Este caso colocou os moradores do bairro de Morope, em Quelimane, em alvoroço devido aos disparos que foram efectuados pelo criminoso.

 

https://youtu.be/vwaygdBZMgI