Últimas
Publicidade
01 de Junho de 2020

COVID-19 NA BEIRA


Moradores da Munhava, na Cidade da Beira, em Sofala, confirmam ameaças de linchamento para quem for diagnosticado com COVID-19. No entanto, as consultas das pessoas com sintomas da gripe reduziram nas unidades sanitárias do Bairro.

Recentemente as autoridades governamentais de Sofala tornaram público que as consultas no sector da gripe nas unidades sanitárias do populoso Bairro da Munhava reduziram nos últimos dias. A descriminação e ameaças de linchamento para quem for diagnosticado com Coronavírus é apontado como sendo o factor principal que leva as comunidades a abandonarem as consultas nas unidades sanitárias. Nesta sexta-feira a nossa reportagem, na Beira, deslocou-se a Munhava e conversou com alguns moradores que confirmaram o facto.

Para reverter este cenário, o Director Provincial da Saúde de Sofala garantiu que as autoridades têm vindo a sensibilizar as comunidades residentes na Munhava a frequentarem as unidades sanitárias para o tratamento de qualquer tipo de enfermidade.

Fino Massalambane garantiu que o sector da saúde mobilizou para as comunidades diversas brigadas móveis que, desde semana passada, tem trabalhado junto das populações.

 

https://youtu.be/4Vi8wIop-yM