Últimas
Publicidade
04 de Agosto de 2020

COVID-19


Transportadores e utentes de chapas, na cidade de Maputo, estão a relaxar as medidas de prevenção da Covid-19. O distanciamento social e desinfecção das mãos são as medidas mais ignoradas.

Aglomerações nas filas, limpeza incorrecta e autocarros com janelas fechadas é o que mais se vê nos últimos dias no sector dos transportes.

Desobediência e relaxamento das medidas impostas para o combate ao novo coronavírus que pode abrir espaço ao contágio.

A desinfecção e / ou lavagem das mãos parece coisa do passado.

 Na Praça dos Combatentes, vulgo Xikhelene, podem ser vistos passageiros sem ou com máscaras no queixo e a conversar como que a testar a existência da Covid-19.

Os motoristas assumem serem impotentes em relação a questão de desinfecção.

Esta passageira assume não ter desinfectante mas precisa viajar.

Mas no meio de tanta desobediência e atitudes de alto risco há quem prioriza a saúde.

E exibe o desifectante. Uma atitude responsável em meio a relaxamento em bloco.

Um relaxamento numa altura que os números tendem a ser expressivos, não obstante estarem a registarem-se igualmente muitos recuperados da infecção.

 

https://youtu.be/J_tUW97c_no